Pedra Branca foi selecionada como um de dezoito projetos fundadores a nível global pela Clinton Climate Initiative para o Climate Positive Development Initiative. Este programa apoia o desenvolvimento de projetos urbanos em grande escala, que demostram que as cidades podem crescer de manheiras “climate positive” (favoráveis para o clima).

Pedra Branca é um Town Center de alta densidade e uso misto que fica em Florianópolis, Santa Catarina, desenhado para ser um nodo sustentável e pedestre. O desenvolvimento será o primeiro da região, e vai prover um modelo para o desenho e construção de Town Centers pedestres de alta densidade no tudo Brasil. Este desenvolvimento compacto e sustentável oferece uma alternativa local ao desenvolvimento suburbano expansivo, criando comunidades pedestres para residentes e visitantes, permitindo a preservação dos espaços abertos e agrícolas da região.

A escala de Pedra Branca não tem precedentes no Brasil: o desenvolvimento de 120 acres apresenta residências para 30.000 pessoas, dois milhões de pês quadrados do desenvolvimento comercial e amenidades cívicas incluindo uma biblioteca, um Centro Cultural e um hotel. O desenvolvimento se centra em dois bairros, cada um de eles está desenhado para permitir aos residentes um acesso direito a suas necessidades de varejo, comerciais e cívicas, numa curta distância das suas casas. Uma universidade e uma área industrial, com um foco na indústria e tecnologia de luz, circundam os dos bairros e oferece oportunidades de emprego adicionais.

A arquitetura de Pedra Branca vai ser desenhada em consulta com as normas LEED, para cumprimentar a máxima sustentabilidade e eficiência ambiental. Enquanto alguns tipos de edifícios vão ficar na comunidade toda, a maioria dos edifícios vai ter vários andares, estruturas de tijolo, com restaurantes e lojas no andar inferior, e apartamentos e oficinas nos andares superiores. Muitos de estos edifícios contem pátios interiores, que oferecem espaços verdes privados e semiprivados que se complementam com os espaços verdes públicos da comunidade. Jardins de telhado verde também vão ser amplamente destacados, e todo o estacionamento vai ser acomodado em lotes subterrâneos, que ficam em baixo de cada bloco.

Voltar